Páginas

Então supera.

Tanto fingi que não me importava que já não me importa mais. Paguei de desapegada que finalmente me desapeguei. Não era você que dizia vivendo que eu não conseguiria viver sem você? Sorte minha que o mundo gira, o tempo muda a vida passa, as coisas cicatrizam, e outras pessoas entram na nossa vida, enquanto outras saem, e dessa vez, quem saiu foi você.  O que era inverno, virou verão. O que era dor, virou solução. Saudade passou, lembrança cicatrizou. Tanto pagou pra vê, que viu. Já não me importo mais com suas saudades, ou ainda seus sentimentos. Não foi você que mandou eu superar? Que afirmou que eu não te conhecia? Supera agora querido, supera! Aprende pelo menos uma coisa na vida, você perdeu, e perdeu feio. Porque como dizem, de virada é mais gostoso. Porque, aliás, quem não me conhece aqui é você, não sou assim, sou muito pior do que você imagina. Te faço uma rima se você quiser, te faço um poema pra você entender, que a ultima pessoa no mundo que eu quero ter por perto, é você. Então, não espera, supera!

Clicks favoritos da lua no flickr.

Oi gente!!
Então, andei meio sumida, né? Mas precisava de um tempo pra mim mesma, e tudo mais. Voltei a escrever, e tô fotografando mais que tudo. Com o tempo as coisas vão tomando rumo, e seguindo a maré. É questão de tempo pra tudo ir se ajeitando. Então, vamos lá!
Dá pra perceber que sou apaixonada pelo luar, e pelo por do sol, né? Tanto que a maioria das minhas fotos são focadas neles. Separei as fotos da lua que eu mais gosto pro post. Muito amor, né?

Coloquei em ordem aleatoria mesmo, vamos lá:




Essa é uma das mais recentes, tirei logo no amanhecer quando o sol vai dando lugar a lua. (no flickr)

Meio antiga, e mesmo desfocada eu gosto muito. (no flickr)

Sou completamente louca por essa foto, principalmente porque foi quando eu aprendi a tirar fotos descentes da lua. (flickr)

Quem foi que disse que só é possivel tirar fotos legais da lua ao anoitecer? (no flickr)

Outra daquelas que eu sou apaixonada! (no flickr)

Essa foi meio que tirada em conjunto com minha amiga ♥ (no flickr)


Uma das mais recentes. (no flickr)

               
Essa eu tirei no Eclipse da lua sangrenta. (no flickr)

Foto sem edição, porque o melhor degrade que existe é o do céu. (no flickr)



Essa seleção foram apenas de fotos da lua, tem muito mais fotos lá no meu flickr. https://www.flickr.com/photos/angelicapinheiro/ É só ir conferir, beijos!



São só saudades.

texto-de-amor
Se saudade matasse hoje eu seria pó. Seria o nó que envolve a garganta, e mata lentamente, subitamente e gradativamente. Que mata, e te deixa vivendo pra sentir o tão quanto é amarga a saudade. Já morri, sobrevivi, e morri novamente várias vezes, durante vários ciclos, já suportei por tantos dias. Morria e continuava viva, morria pra morrer, e continuava a viver, só pra morrer de saudade novamente. Se todas as mortes fossem de saudade, estaríamos todos vivos... Vivos e loucos. Loucos e perdidos. Perdidos nesse beco sem saída, e sem luz que é a saudade. Todos a procurar a luz, que é o reencontro... Era saudade que apertava, agoniava, ardia, queimava... Saudade que não ia embora, ficava ali aconchegada e vinha a tona, a cada lembrança, a cada acordar... A cada vez que pensava em alguém, pensava em você. E a saudade apertava a cada fim de tarde. E a cada vez que não me via pensando em você, pensava que havia conseguido parar de pensar , mas só de tentar te esquecer, já estou lembrando. A saudade vem e fica, vem e agonia. E todos os dias ao acordar, me olho no espelho e me pergunto quando será o dia que aquilo iria acabar. Bebi saudade o mês inteiro, na esperança que o fim do mês chegasse pr’eu te encontrar, te abraçar, e desacumular toda essa saudade, que transborda, incomoda. Mas com quantos abraços se cura essa saudade? Quanto tempo eu teria que ficar grudada em você, pra me refazer? Eu tanto morri, que me perdi, tanto enlouqueci que já não conheço mais o meu normal. Transbordei tanta saudade que me afoguei, me perdi. Devo me deixar afogar, ou continuar a nadar? Buscando algo que não sei, e não sei até quando iria aguentar. Eu poderia te beijar, e te abraçar durante todo o tempo, e mesmo assim não seria o suficiente. Só queria que a semana acabasse logo, que o mês termine, assim como todos os dozes do ano, e que o outro ano chegasse pr’eu poder te abraçar e te ter pra mim numa eternidade. Porque tudo que eu tenho de você é saudade, saudade que me mata um pouquinho a cada dia, que me mata e me faz viver, mas aliás, são só saudades.

Vídeo: Cupido.

Oi gente!
Tinha sumido por alguns motivos, mas agora voltei, com url nova e tudo!! (aprovada?) 



Amo histórias de amor ♥ e fiquei apaixonada quando encontrei esse vídeo narrando uma. Sou bobona demais quando se trata dessas coisas, casos e acasos. Achei digno de reabertura de blog. "Há milhares de histórias de amor para serem vividas todos os dias." No final de tudo, o cupido fez o seu devido papel.


@angelicapmota

Você não entende.



Você não entende, não percebe.

Acha que basta voltar com aulas palavras insignificantes, com desculpas que já não me convencem mais, dizer que tá com saudades, que sentiu minha falta, ou ao menos que lembrou de mim, que tudo se resolve, se ajeita. Que já satisfaz.

Acha que basta voltar, que basta ficar, pra apagar, pra cicatrizar.

Aí você vem, fica. E quando me dou conta, já partiu novamente. Tornando isso um ciclo vicioso, de idas e vindas. O que me resultava em mais decepções.

Deixando mais dor que outrora, rasgando as cicatrizes, atormentando com lembranças. Você vem, eu fico bem. E então, quando menos espero, você se vai novamente. Me deixando pior do que já estava.

E de tanto você ir e vim, eu cansei de abrir a porta. Cansei de deixa-la encostada pra quando você voltasse. Cansei dos seus meios termos, cansei de te aceitar. Então decidi fechar a porta, e trancar com sete chaves. Com todas possíveis. 

Não me importo mais com seus sentimentos, com seus arrependimentos. Não me importo se você vai sofrer, ou vai ouvir a nossa música na expectativa de me sentir. Não me importo com as cartas, com os textos, com as músicas... com o que restou de nós. Eu poderia acender um fosfero e queimar tudo em um piscar.

Porque eu realmente, não me importo. Não é porque você ainda ama alguém que você tem que continuar se importando.

5 on 2 (Duplo, e atrasado.)

Oi gente!!
Como não expliquei no primeiro mês do ano, aqui estou eu. Falei que iria participar de alguns projetos fotograficos, né? Então. Entre eles está o 5 on 5, que consiste em todo dia 5, 5 blogueiras postarem 5 fotos com mesmo o tema escolhido pelas mesmas.
As fotos não sairam lá como eu queria, mas ao longo do projeto eu vou chegando ao ponto.
O post era pra ontem, na verdade. Só que, acabei postando um texto (não consigo ficar sem, Hahaha) e não queria tumultuar de posts, but, aqui estou eu. 
Em janeiro estava viajando e não deu pra atualizar, por isso esse vai ser duplo!! Vamos conferir?


• 5 on 5 fevereiro
O tema do mês foi: fotos de silhueta/fotos contra o sol, confiram:






Janeiro (atrasado!!!!!!):
O tema do mês passado 1/12 (que eu estava viajando) foi ''coisas simples que nos fazem sorrir" E como não atualizei o projeto, aqui as fotos:

 Por do sol: Uma das coisas que mais me traz paz. Sorrisos então? magina. Principalmente quando ele fica assim, todo destacado <3 É uma das maiores paixões, então, não poderia faltar. (ps: foto sem edição)
 Fotografar/ler: Mais duas paixões em uma foto só!! Encontrar um livro que o personagem tenha haver comigo, ou aprender algo a mais com ele sempre me faz bem. Ou ainda, quando consigo tirar uma foto do jeito que eu queria!
 Estar com pessoas que eu gosto: É tudo. Costumo dizer que minha idade mental depende da minha companhia. Tem amigas que quando saimos juntas não paro de rir um segundo, sério. Chega a ser doença, porque olha Hahaha. A companhia é tudo, pode ser amigo, amiga, irmão, familia, namorado ou o que for... Me faz bem.
 Estar bem comigo mesma: É essencial, pra mim é a chave. E sorrir/arrancar sorrisos das pessoas que eu goste é uma coisa que me faz muito bem.
Viajar: É uma das minhas sete maravilhas. Como eu já disse, pretendo sair por aí um dia com uma mochila, um amor e uma câmera, sem rumo. Eu posso estar como for, se eu viajar as chances disso melhorar meu humor são enormes.

Confiram as fotos das outras blogueiras:  Mariana Lima | Midiã Oliveira | Jessica Alves | Monique 

Gostaram das fotos??
Beijos, e até!
Angélica Pinheiro.


Momentaneamente.

Captura de Tela 2013-12-10 às 20.08.44Ele diz coisas lindas, e intensas, até. Olho pros seus olhos castanhos claros que certas vezes me arrepia e apenas sorrio. Ele me beija, me abraça, me faz um cafuné. Eu retribuo, mas não acredito em uma palavra sequer. Sem apegos, sem melancolia. Só verdades, vistas em mentiras. Um equivoco danado pra mim, pra ele mais ainda.

Talvez eu esteja equivocada, de verdade, mas meu sexto sentido me diz que não. Eu sei que não. Os olhos deles engana, mas o entrega.

Ele era mais uma daquelas ilusões boas de ser vividas. Tinha um bom papo, bom perfume e um abraço aconchegante. 

Me ouvia, me compreendia, ou ao menos fingia, mas ouvia. Recitava alguns versos do meu livro favorito a cada instante fofo que tinhamos, e até me surpreendia com flores em datas especiais. Calava minha boca com beijos, me arrancava uns sorrisos.

Ilusão achar que estaria me iludindo. Ás vezes, ilusões criam ilusões. Se você plantou batatas, não espere colher morangos. Ao menos torça que elas sejam doces.

A cada frase solta no ar, ele olha pra mim e sorri, espera alguma reação. Eu semicerro os olhos, e o beijo. Deixo nos levar por aquela mentira, que nos une momentaneamente, e que porém, nos separa.  Nos envolve, e nos dispersa. Mas que momentaneamente nos satisfaz.

Fotos da vez.


Oi gente!!!
Esse final de semana como planejado, sai pra fotografar com mais duas amigas (Thayna, e Gabi). Tiramos várias fotos. Como foram muitas fotos (pra lá de 300 HUAHAUA) resolvi dividir o post com as melhores fotos que as meninas tiraram de mim, e depois faço a parte 2 com as fotos que tirei delas (só avisando, as fotos tão perfeitas!!)
A cada quinzena (o planejado né, se a preguiça não bater) ou ao mês, tiraremos um dia pra fotografar com cada tema especifico. Esse não teve muito um tema muito definido, mas os proximos terão.
Enfim, confiram as fotos:


#Lookdodia






























Pagando uma de fotografa: 





Gostaram das fotos?? Desculpem o post *enorme* 
Logo logo posto a segunda parte com as fotos tiradas por mim!!
Fiquem de olho, beijos!!

Contato: Facebook | twitter | ask | email: llegaraquince@hotmail.com      
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger